Cerca de 200 pessoas estiveram presentes no último dia do 4º Seminário do Abril Verde de Saúde e Segurança no Trabalho.

Ontem, 26 de Abril (quinta-feira), finalizamos com sucesso o 4º Seminário do Abril Verde de Saúde e Segurança do Trabalho. A abertura do evento foi feita por Jubson Uchôa Lopes, Presidente da ADEMI-AL, que deu uma breve explicação do que é o movimento Abril Verde e destacou a importância nas campanhas de prevenção de acidentes onde o setor da construção civil conseguiu minimizar os acidentes de trabalho deixando de ser o grande vilão, ocupando apenas a 5ª posição entre os setores à nível nacional.
Dando continuidade ao evento, Renata Simplício, médica psiquiatra do TRT/AL, apresentou o tema “Adoecimento Mental relacionado ao Trabalho” e ressaltou a importância da preocupação com a saúde e bem estar dentro do ambiente de trabalho, levando melhor comunicação na relação patrão x empregado. Mostrou também algumas matérias e entrevistas de pessoas que perderam seus familiares por conta do adoecimento mental no trabalho.
Logo após, foi apresentado o teatro socioeducativo do SESI-AL por Igor Vasconcelos, onde o mesmo destacou ainda mais a importância do movimento, do uso de equipamentos de segurança nos canteiros de obra. Apresentou uma música explicando como surgiu o Abril Verde e fez uma dinâmica interagindo com o público do auditório.
Por fim, Dr. Rafael Gazzaneo, Procurador-chefe do Trabalho em Alagoas falou sobre a importância da atuação do MPT no combate aos acidentes de trabalho, onde estas fiscalizações tem alertado as empresas para se adequarem as normas vigentes.
Estiveram presentes Nilton Beltrão, Juiz do Trabalho, Vitor Cavalcante, Superintendente Regional do Trabalho e Ronald Vasco, Diretor de Responsabilidade Social da ADEMI-AL.
Agradecemos à todos os palestrantes, parceiros e apoiadores do evento. A presença de todas as autoridades, engenheiros civis, estudantes e colaboradores por lotar nosso auditório e fazer do evento um sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *